Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em nota distribuída a imprensa na noite deste domingo o delegado geral da Polícia Civil, Josué Rocha e o adjunto Mário Aufiero, informa com pesar o assassinato do delegado Oscar Cardoso e garante que todos os esforços serão feitos para chegar aos autores da execução fria dos quatro homens que mataram o delegado que há 30 anos servia a instituição.

A cúpula da PC informa ainda que foi as investigações da execução do delegado será estará a cargo das Delegacias Especializadas de Homicídios e Sequestro (DEHS), Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Proteção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em conjunto com a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (SEAI) e todas as delegacias de polícia atuando em regime de plantão neste domingo.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do Delegado Geral Josué Rocha e Delegado Geral Adjunto Mário Aufiero, informa com pesar o falecimento do Excelentíssimo Senhor Delegado de Polícia Oscar Cardoso Filho, ocorrido na tarde deste domingo, 09 de março de 2014.

Informamos ainda que, ao tomar conhecimento do fato, foi determinada imediata investigação por meio das Delegacias Especializadas de Homicídios e Sequestro (DEHS), Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Proteção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em conjunto com a Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (SEAI) e todas as delegacias de polícia atuando em regime de plantão neste domingo. A Polícia Técnico-Científica já esteve no local e realizou a coleta de evidências que irão auxiliar na resolução do fato.

A Polícia Civil do Amazonas irá prosseguir com a investigação no intuito de encontrar os autores deste crime, que atinge todos os policiais de bem deste Estado.

A população pode contribuir com as investigações fornecendo qualquer informação por meio do Disk-Denúncia, número 181, da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), ou pelos contatos do DRCO nos telefones: 3214-2253/ 3214-2254.

NOTA DE PESAR

A Polícia Civil do Amazonas vem, com profundo pesar, comunicar o falecimento do Excelentíssimo Senhor Delegado de Polícia Oscar Cardoso Filho. O referido delegado foi assassinado, na tarde deste domingo (9), quando passeava com seus netos em frente à própria casa, localizada no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus. Ele foi executado com 18 tiros. As crianças que o acompanhavam, e que foram defendidas pela autoridade policial, passam bem.

Logo após o atentado, Cardoso foi socorrido por familiares que o conduziram até o Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos, vindo a óbito.

A Polícia Civil do Amazonas, por meio de seus gestores, Delegado Geral Josué Rocha e Delegado Geral Adjunto Mário Aufiero, lamenta a morte do profissional que possuía mais de trinta anos de carreira.

Em sua passagem pela instituição, Oscar Cardoso Filho dirigiu diversas delegacias especializadas e foi também gestor do extinto Núcleo de Operações de Investigação Criminal (NOIC), atual Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

Nos solidarizamos com os familiares e amigos do Excelentíssimo Delegado Oscar Cardoso Filho e informamos que as investigações para elucidar a autoria do delito irão continuar até que a mesma seja esclarecida.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •