Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da 76ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Santa Isabel do Rio Negro (distante 630 quilômetros em linha reta da capital), sob a coordenação do delegado Aldiney Nogueira, titular da unidade policial e em ação conjunta com a Polícia Militar, realizou a apreensão de oito motocicletas utilizadas em crime de trânsito, conhecido popularmente como “racha”. A ação ocorreu na tarde do último domingo (05/07), por volta de 15h30.

De acordo como o delegado Aldiney Nogueira, o “racha”, que é uma disputa entre veículos automotores de forma clandestina, estava sendo praticado no aeroporto Brigadeiro Sérgio Cardador, naquele município, por quatro indivíduos maiores de idade, que não tiveram a identidade revelada, e por quatro adolescentes.

Segundo o titular, a equipe da Polícia Militar foi acionada por militares do Exército, os quais relataram sobre a presença dos jovens e dos adolescentes praticando o crime na pista do aeroporto.

“Após a denúncia, nossas equipes, em conjunto com policiais militares, seguiram para o local da ação criminosa. No lugar, constatamos o ato criminoso e imediatamente bloqueamos a saída da pista do aeroporto, momento em que os infratores evadiram-se, deixando os veículos utilizados na disputa clandestina”, comentou Nogueira.

Conforme a autoridade policial, a partir de registros fotográficos feitos pela equipe da Polícia Militar, antes da abordagem, foi possível fazer o reconhecimento dos adolescentes e jovens envolvidos no “racha”. Nogueira informou, ainda, que todos já foram notificados.

Procedimentos – Os envolvidos serão autuados pelos crimes de disputa de corrida clandestina, por conduzir veículo automotor sem habilitação e por expor a riscos a atividade de aviação.

Para os proprietários das motocicletas em posse dos adolescentes, os responsáveis serão autuados pelo crime de permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor à pessoa não habilitada.

No caso dos maiores de idade envolvidos no “racha”, também, serão autuados pelo crime de corrupção de menores. Para os adolescentes, será instaurado um Boletim de Ocorrência Circunstanciada (BOC), que é um procedimento especial previsto na Lei n.8.069/90, do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Com informações da assessoria da PC


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •