Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais Civis da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) prenderam por volta das 23h de domingo (1º) Silvia Mara, 34, e Valdenor Furtado, 32, envolvidos em homicídio ocorrido numa casa localizada na rua Abacaxi, bairro Alto, no município de Iranduba, distante 27 km em linha reta de Manaus.

De acordo a polícia, o casal Silvia Mara e Valdenor Furtado teria ido à casa de um homem identificado como Fernando, o “Primo”, por volta das 16h de ontem. No local, que é utilizado para consumo de bebidas alcoólicas e entorpecentes, José de Queiróz chegou aproximadamente às 22h, e após desentendimento com a dupla, acabou morto.

Segundo testemunhas, Valdenor suspeitou que a vítima tivesse aliciado a esposa dele, Silvia Mara. A mando dela, Valdenor segurou José enquanto a mulher agredia o homem com murros. Na ocasião, ela retirou da bolsa uma faca de cozinha e desferiu alguns golpes pelo corpo de José, que teve ainda um cabo de colher introduzido no ânus. Ele morreu ainda no local do crime.

Em depoimento, vizinhos de Fernando afirmaram que viram o casal saindo às 6h30 da casa. A dupla foi conduzida à 31ª DIP junto com o dono da casa, que na hora do ocorrido estava em Manaus. Após prestar esclarecimentos, ele foi liberado.

Na unidade policial Silvia Mara e Valdenor confessaram a autoria do crime. Eles foram autuados em flagrante por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis, o casal será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •