Investigador Gonzaga Júnior
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na quarta-feira (26/08), por volta das 21h, a equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros em linha reta da capital) prendeu, em flagrante, Felipe Colares de Freitas, 20, e Jonairo Portela Vieira, 19, pelo crime de roubo. A prisão de ambos ocorreu em via pública, na avenida Castro Alves, bairro de Fátima, naquele município.

Conforme o investigador Gonzaga Júnior, gestor da DIP, três adolescentes estavam em frente à Escola Estadual Eurico Gaspar, quando Felipe e Jonairo chegaram no local, em uma moto Broz, de cor vermelha, e em posse de duas armas brancas. Eles abordaram as três vítimas com violência e roubaram seus aparelhos celulares.  

Ainda de acordo com Gonzaga, as investigações em torno do caso tiveram início logo após o ocorrido, quando as vítimas formalizaram a denúncia na DIP. Em depoimento, os autores do crime confessaram que venderam os aparelhos por R$ 300 para uma mulher.

“Essa mulher foi identificada como Maria de Fátima Martins, 40. Ela confirmou que estava em posse de um dos aparelhos e que os outros dois, ela tinha deixado em uma assistência técnica para desbloquear as senhas. Ela foi indiciada por receptação e responderá em liberdade”, revelou Gonzaga.

O gestor da unidade policial pede que a população tenha muita atenção antes de adquirir qualquer aparelho eletrônico de terceiros. Porém, caso isso venha a acontecer, é necessário checar a procedência do produto e exigir nota fiscal para se certificar de que não é fruto de um ato ilegal.

Procedimentos – Felipe e Jonairo foram indiciados por roubo e, após os trâmites cabíveis, eles irão permanecer na carceragem da DIP, à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria da PC


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •