Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes e do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto e servidores da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), prenderam no início da noite de domingo Elisvaldo Pereira Sá, 28, conhecido como “Preto” e Edson Fernandes da Silva, 33, em uma residência localizada na rua Visconde Barão de Jaraguá, no bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus, onde funcionava um laboratório de drogas.

No lugar os policiais apreenderam aproximadamente 15 kg de substâncias entorpecentes com características de cocaína em pó, pasta base de cocaína, oxi e maconha prensada, um carregador de pistola PT.40 com nove munições intactas, uma prensa e um macaco hidráulico, três balanças de precisão, R$ 1.241,00 mil em espécie, além de material para o refino e embalo da droga.

“Recebemos a denúncia por volta das 17h de ontem. Pedimos apoio do grupo FERA e da Seai. Num dos quarto da casa encontramos 10 kg de drogas dentro de uma mala, escondida embaixo da cama. Os cinco quilos restantes estavam numa caixa em outro cômodo na casa”, declarou a Delegada Vanessa Ricardo durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (17), na sede da Especializada.

Em depoimento, “Preto” alegou que apenas guardava a drogas para um homem identificado como “Beto” e que recebia R$ 500 pelo serviço. Ele declarou ainda que “Beto” pagava o aluguel da residência onde ele morava com o comparsa.

Na sede da Especializada, a dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas (Artigos 33 e 35, respectivamente, da Lei nº 11.343/06), além de posse ilegal de munições de uso restrito (Artigo 16 da Lei nº 10.826/03).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •