Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Coari, sob a coordenação do delegado José Barradas Júnior, titular da unidade policial, cumpriu na sexta-feira (25/10), naquele município (distante 363 quilômetros em linha reta da capital), dois mandados de prisão preventiva por homicídio qualificado em nome da dupla Alesson Libório Peres, 29, e Victor Jhon Mota de Lima, 23, pela autoria da morte de Adenilton da Silva Oliveira, que tinha 28 anos.

De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu no dia 19 de outubro deste ano, em um ginásio poliesportivo situado na Estrada Coari-Mamiá, em Coari.

Conforme o delegado, Alesson e Victor, que são um casal, encontraram Adenilton em estado de embriaguez, em um bar situado no bairro Ciganópolis. Na ocasião, eles conduziram o homem até o ginásio poliesportivo, com a intenção de manterem relações sexuais com ele. Porém, por motivo que ainda está sendo investigado, eles acabaram matando a vítima asfixiada e com golpes de faca.

“Após o delito, identificamos os autores por meio de câmeras de segurança posicionadas no entorno do lugar do fato, que registraram a vítima em companhia de Alesson e Victor. Imediatamente representei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dos infratores e, na tarde de sexta-feira (25/10), por volta das 16h, prendemos a dupla em uma residência situada na rua Ceará, bairro Urucu”, explicou Barradas.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •