Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais civis da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) prenderam, em flagrante, na tarde de sexta-feira (11/10), por volta das 16h, um empresário de 42 anos, por ameaçar de morte a própria companheira, uma comerciante de 32 anos e o filho deles, uma criança de 4 anos. Durante a ação policial foi apreendida uma arma de fogo usada pelo infrator para intimidar as vítimas.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da DECCM, as ameaças aconteceram no dia 10 deste mês, quando o empresário ligou para a mulher dizendo que ia matar o filho deles se ela não retornasse, imediatamente, para casa da família, situada no bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital.

“No dia do delito, ele buscou a criança na escola e começou a ligar para a mãe do menino, fazendo ofensas e deixando a mulher em situação de constrangimento. Além disso, usou a criança para tentar fazer com que ela retornasse para a casa deles, gravando um vídeo do menino chamando pela por ela,” relatou Mafra.

A titular da DECCM disse que no dia seguinte a comerciante compareceu ao prédio da especializada e registrou a ocorrência, informando o delito. A partir disso, foram realizadas diligências na casa dele e, durante buscas no local foi encontrada a arma de fogo, momento em que foi dada voz de prisão ao indivíduo.

Procedimentos – O homem foi autuado por injúria, constrangimento ilegal combinado com violência doméstica e posse ilegal de arma de fogo. Ao término dos trâmites no prédio da DECCM, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •