Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais civis da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé, município distante 1.160 quilômetros em linha reta da capital, sob a coordenação do investigador de polícia Gonzaga Júnior, gestor da unidade policial, prenderam em flagrante, na manhã de sexta-feira (22/11), por volta das 7h, Robson Ferreira Caralha, 31, e apreenderam dois adolescentes de 16 e 17 anos. Ambos são acusados do latrocínio do vigilante Evandro Pereira da Silva, que tinha 58 anos.

De acordo com o investigador, as diligências em torno do caso tiveram início após receberem informações que o vigilante havia sido vítima de latrocínio em uma escola situada na rua João Conrado, bairro de Fátima, em Eirunepé. A equipe policial se deslocou até o endereço deletado, onde encontrou o corpo do homem com, aproximadamente, 57 facadas.

“Imediatamente iniciamos as diligências para localizarmos os autores do delito. Durante buscas, encontramos Robson, juntamente com dois adolescentes de 16 e 17 anos, que estavam em atitudes suspeitas nas proximidades do local do fato. Abordamos os indivíduos e os conduzimos ao prédio da unidade policial, onde durante depoimento confessaram a autoria do crime”, informou Júnior.

Procedimentos – Robson foi autuado em flagrante por latrocínio e corrupção de menores, já os adolescentes irão responder por ato infracional análogo ao crime de latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis, eles irão permanecer na carceragem da unidade policial, a disposição da Justiça.

Com informações da assessoria d PM


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •