Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na manhã desta quinta-feira (29/08), o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), apresentou durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da especializada, o balanço da ação policial realizada em conjunto com a equipe de investigação do 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que resultou nas prisões de três integrantes de uma organização criminosa que atua na capital. Foram apreendidas seis pistolas, dois rifles, munições, três quilos de maconha do tipo skunk, um quilo de cocaína e dois veículos roubados.

Durante a coletiva, foram apresentados Carlos dos Santos Rodrigues, 23; Charles Rodrigues Barroso, 32, e Fernando Ferreira Protásio, 31. Conforme o titular da Derfv, as investigações em torno do caso tiveram início há pouco mais de um mês, com a informação de que membros de uma organização criminosa estavam utilizando carros roubados para cometer homicídios na cidade. Posteriormente, uma nova delação informou que o bando mantinha armas de fogo e drogas escondidos em um sítio, situado no ramal do Paricatuba, quilômetro 21 da rodovia AM-070.

“Nos deslocamos até o local indicado e encontramos o trio em posse de material entorpecente e de dois veículos que foram roubados de uma locadora na capital. Além disso, encontramos, ainda, as armas de fogos, munições e duas balanças de precisão. Ressalto que as investigações irão continuar no sentindo de tentar identificar a participação deles em outros crimes e também chegarmos a outros integrantes dessa organização criminosa”, explicou Túlio.

O titular da Derfv informou, ainda, que Charles e Fernando já possuem passagens pela polícia por tráfico de drogas. Além disso, Fernando responde, também, por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e cumpre pena, de cinco anos, em razão de sentença condenatória, também por tráfico de drogas.

Procedimentos – Carlos, Charles e Fernando foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e associação criminosa. Ao término dos procedimento cabíveis no prédio da Derfv, eles serão levados para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •