Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), da Polícia Civil do Amazonas, apresentou, na manhã desta segunda-feira (16/09), durante coletiva de imprensa, os resultados da Operação Ajax, na qual três homens foram presos por envolvimento nos crimes de homicídio e tráfico de drogas no bairro Tancredo Neves, na zona leste de Manaus.
 
Atanael de Souza Pucu, 21, e Matheus Ribeiro Barbosa, 24, foram presos na manhã da última sexta-feira (13/09) em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo homicídio de Dejair Wgladistoni Lourenço da Costa, 51, ocorrido no dia 21 de julho deste ano, no bairro Tancredo Neves, zona leste de Manaus.
 
Durante a ação, Erick Matheus Santos, 20, foi preso em flagrante com uma porção de maconha, uma porção de cocaína, uma balança de precisão, além de material para embalar os entorpecentes. Conforme a Polícia, ele não tem participação no crime, mas faz parte do grupo criminoso na comercialização de drogas. Erick não foi apresentado à imprensa, porque foi para a audiência de custódia.
 
De acordo com o adjunto da DEHS, delegado Charles Araújo, o mandante do crime é Kenned de Souza Monteiro, apontando como chefe do tráfico de drogas naquela área e que está preso na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP). Ele é irmão de Atanael, e deu autorização para que o crime fosse cometido.
 
“Começamos a investigação e obtivemos informações anônimas da população, com os relatos de que a vítima teria sido morta por um grupo de traficantes que se incomodaram com o fato dele não deixar que vendessem drogas em frente a sua casa. Esse grupo de traficantes chegou até a ser filmado pelo Dejair. A gente tem esse vídeo, embora não apareça a silhueta das pessoas, a gente conseguiu identificar a voz do Atanael, que chegou até a perguntar o que ele (Dejair) estava fazendo”.
 
Ainda conforme ao delegado, a vítima era de Santa Catarina e estava na capital amazonense cuidando de aluguéis que ele tinha naquela área.
Atanael e Matheus foram indiciados por homicídio e associação criminosa. Erick foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes e Kenned também foi indiciado pela participação no crime.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •