Flávio Rodrigues, 42 anos. foi encontrado morto na tarde da segunda-feira, dia 30
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros – DEHS, Paulo Martins, revelou que as investigações do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues isentaram o prefeito Arthur Neto de qualquer interferência.

“O prefeito não tem nenhuma participação nesse crime”, disse o delegado, na sexta-feira (4) depois que anunciou à imprensa que o caso está solucionado, e que a polícia já possui a confissão do crime por um dos suspeitos já presos.

De acordo com Paulo Martins, todos os suspeitos estão ainda sendo ouvidos. “Um deles já assumiu a autoria do crime”, afirmou o delegado, sem informar o nome de quem assumiu a autoria do assassinato do engenheiro.

O delegado disse que a polícia precisa esclarecer com os demais envolvidos se Flávio foi morto dentro ou fora da residência de Alejandro Valeiko.

Entenda o caso

O engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto no início da tarde da segunda-feira (30), em um terreno no Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Flávio estava desaparecido a noite de domingo (29), após participar de uma festa no condomínio de luxo Passaredo, que fica Ponta Negra, área nobre de Manaus.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •