Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiais militares da Ciclopatrulha foram convidados a participar de um curso de policiamento ciclístico na cidade de Grand Prairie, no Texas, nos Estados Unidos. O convite surgiu após troca de experiências em uma rede social, pela qual a Unidade de Polícia da Ciclopatrulha da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) tem divulgado o trabalho desenvolvido diariamente.
 
O capitão Roberto Vieira, comandante da Ciclopatrulha, e o cabo Marco Goulart, foram os policiais indicados a participarem do referido curso, que iniciou na segunda-feira (16/09) e encerrará na próxima sexta-feira (20/09), possibilitando o aprendizado de novas técnicas que serão replicadas em instruções com o restante da tropa ou em futuros cursos da Unidade Policial.
 
Criada no dia 28 de abril de 2017, a Ciclopatrulha conta hoje com um efetivo de 41 policiais, 55 bicicletas e atua em quatro pontos distintos da capital amazonense, com grande fluxo de pessoas: a Praia da Ponta Negra, o Parque dos Bilhares, o Centro Social Urbano (CSU) do Parque Dez e no Centro da capital amazonense.
 
O comandante da Ciclopatrulha, capitão Roberto Vieira, explicou que, inicialmente, o policiamento foi criado para atender aos frequentadores da Praia da Ponta Negra e depois se expandiu para outras áreas. “A Ciclopatrulha surgiu de um projeto antigo que conseguimos colocar em prática em 2017. Iniciamos na Ponta Negra, tivemos a aprovação da população que confiou no nosso trabalho e, assim, esse modelo de policiamento foi expandido para outras áreas também”.
 
Vieira ressaltou que todos os policiais passam por treinamentos e cursos para cuidar e realizar pequenas manutenções nas bicicletas. “Eles recebem treinamentos que são realizados por empresas e lojistas parceiros, para zelar e dar manutenção nas bikes. Cada policial é responsável por sua bicicleta que é adaptada e regulada conforme a altura, peso, medidas de cada um para evitar problemas de saúde ao policial”, explicou.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •