Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em mais uma ação da ‘Operação Hórus’, que tem o objetivo de combater a pirataria dos rios e o tráfico de drogas, policiais militares do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) detiveram, na quarta-feira (01/07), dois homens e apreenderam um adolescente por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo. A ação ocorreu em uma fazenda, localizada no lago do Izidoro, próximo ao município de Coari.

Com eles, os policiais apreenderam 30 tabletes (aproximadamente 32 quilos) supostamente de maconha do tipo skank, duas espingardas calibre 16, cinco cartuchos calibre 16 e dois motores rabeta.

Segundo informações dos policiais que participaram da operação, denúncias indicavam que dois irmãos envolvidos com pirataria nos rios, tinham recebido um carregamento de drogas. Ainda conforme as denúncias, a droga teria sido transportada e enterrada em uma das fazendas dos pais dos infratores, localizada no Lago do Izidoro.

De posse das informações, foi montada a operação e os policiais fizeram o deslocamento até a referida fazenda. No local, estava apenas o pai dos infratores e um adolescente de 17 anos, o qual informou que transportava a droga de uma fazenda para a outra e ainda mostrou onde se encontrava uma das espingardas apreendidas.

Os policiais foram até a segunda fazenda e quando se aproximaram, visualizaram quatro homens que, ao perceberem a chegada da equipe, empreenderam fuga para dentro da mata, sendo um deles detido posteriormente. Ele disse que trabalhava na fazenda, mas que apenas observava o caseiro enterrar e desenterrar sacos de fibra, contendo possivelmente drogas.

O homem levou os policiais até um dos locais e ao cavarem, encontraram os 30 tabletes possivelmente de skank. O adolescente disse ainda que outros dois infratores transportavam a droga utilizando motores rabeta, que foram apreendidos, para não levantar suspeitas. Ainda na segunda fazenda, os policiais apreenderam outra espingarda calibre 16 e munições.

O dono das fazendas também foi detido e todos foram conduzidos juntamente com o material apreendido para a 10ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) para os procedimentos legais.

Com informações da assessoria da PM


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •