Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de Carauari, Chico Costa (PSD), agora tem o dom da profecia e da adivinhação. Na última quarta-feira, enquanto o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas julgava ao meio dia a Ação de impugnação de Mandato Eletivo (AIME) contra ele, com placar de 3 a 1 desfavorável, o chefe do executivo anunciava no município que o julgamento seria suspenso e que todos na cidade poderiam ficar tranquilos que ele não seria cassado.

De acordo com fontes do Fato Amazônico, Chico Costa caminhando pelas ruas da ciade dizia “quem tem padrinho não morre pagão”. Dando a entender que está tendo uma mãozinha de um aliado poderoso, que fez o processo que estava em pauta fosse retirado, sem previsão para voltar a julgamento.

Os autos estão nas mãos do juiz federal Ricardo Sales, que na sessão do último dia 3, pediu vista com a promessa de que na quarta-feira (9) levaria a sessão para o julgamento. Já votaram pela cassação de Chico Costa, o relator da matéria Marco Antônio Pinto da Costa, que acompanhou o voto de Délcio Santos e Didimo Santama. O prefeito conta apenas com o voto do ex-corregedor Aristóteles Thury. Ainda faltam votar o juiz vistoso e Affimar Cabo Verde, no caso de empate o desempate será com o voto de minerva da presidente Socorro Guedes.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •