Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de Nhamundá, Nenê Machado (PDT), é acusado de agredir com um soco no rosto o comerciante Francinaldo Simões Aguiar, conhecido como “Gordo”. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil do município. O chefe do executivo é conhecido na cidade por não levar desaforo para casa, encontrou o comerciante no Centro e desferiu, inesperadamente, um soco na boca de Gordo, que supostamente teria falado mal dele.

Nenê Machado estava acompanhado de seguranças, foi condenado pela população que assistiu a violência contra o comerciante.

Não é a primeira vez que Nenê agride um morador de Nhamundá. Em fevereiro deste ano, durante um evento da cidade, Machado partiu para cima de um banhista na praia da Liberdade e também agrediu o rapaz.

A vítima não registrou boletim de ocorrência. A truculência do prefeito repercutiu negativamente no meio da população. Em Nhamundá, Nenê, apesar de ser do partido do ex-prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, que marcha com Eduardo Braga, é o principal cabo eleitoral do governador José Melo (PSD), candidato a reeleição.

A reportagem do Fato Amazônico tentou falar com Nenê Machado, pelo celular de número 916x-2x8x, mas estava fora da área de serviço.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •