Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Prefeitura de Manaus atuou com pronta-resposta desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira, 28/1, em locais de ocorrências ocasionadas pela forte chuva na capital amazonense. A Central de Emergência 199 da Defesa Civil de Manaus recebeu, até as 14h, 13 chamados na cidade. 

“A Defesa Civil municipal está atenta 24 horas. Procuramos atender todas as ocorrências dentro do prazo estabelecido e aproveitamos para orientar as pessoas, que moram em áreas de risco, para que tenham cuidado, principalmente quem mora em áreas de encosta, que fica mais perigoso ainda nesse período”, disse o agente do órgão, Antônio Vieira, destacando a ação integrada de secretarias municipais, para minimizar os transtornos à população.

Até o final desta manhã, a central registrou quatro ocorrências de deslizamento nos bairros Colônia Antônio Aleixo, Zumbi dos Palmares, Educandos e São Raimundo. Além disso, foram registrados também um desabamento de muro, na Colônia Oliveira Machado, um desabamento de casa mista no bairro Educandos, três riscos de desabar casa: um na comunidade da Sharp, outro no bairro Zumbi dos Palmares e um no São Jorge. Houve o registro de alagamento no bairro Armando Mendes e a abertura de uma cratera no Loteamento São Sebastião, uma na Colina do Aleixo e na comunidade Cidade de Deus.

Monitoramento

Conforme os dados dos Pluviômetros Automáticos da Defesa Civil instalados pela cidade, em parceria com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média de chuva até o fim da manhã desta terça-feira é de 87,6 milímetros.

Além dos pluviômetros, o monitoramento nas áreas de risco da cidade, no período chuvoso, é realizado diariamente pela Defesa Civil e conta com o reforço dos Núcleos de Proteção e Defesa Civis nas comunidades (Nupdecs), formados por voluntários.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •