Fotos - Divulgação / Semad
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ética profissional, direitos do cidadão e resolução de conflitos no ambiente de trabalho foram alguns dos temas abordados pelo Programa em Gestão de Procedimentos Operacionais de Trânsito da Prefeitura de Manaus, que teve encerramento nesta terça-feira, 13/8, na sede da Escola de Serviço Público Municipal (Espi), vinculada à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), coordenadora do programa. No total, 120 horas de capacitação foram oferecidas aos servidores do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Dividido em dez módulos, o programa iniciou no dia 22/4, com o objetivo de orientar os servidores quanto à postura profissional nas situações cotidianas. Foram apresentados novos conceitos e atitudes a serem adotadas pelos agentes de trânsito e assistentes administrativos atuantes no Centro de Controle Operacional (CCO) do IMMU, a fim de minimizar conflitos e simplificar o processo de atendimento, por meio da prática de procedimentos operacionais padrão.

“Tudo se torna mais ágil quando criamos procedimentos e esse treinamento ofereceu aos servidores uma atualização quanto aos manuais e protocolo oficiais vigentes, para uma atuação mais eficiente no trânsito, como também a reflexão sobre a inteligência emocional, permitindo maior desempenho, bem-estar e excelência no atendimento ao cidadão”, destacou a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino.

A solicitação do IMMU para a Escola do Servidor foi para que cada módulo abordasse uma temática diferenciada, variando entre cursos básicos a temas mais específicos como: Noções de Informática Básica, Legislação e Direito do Cidadão; Ética, Hierarquia e Relações Interpessoais no Trabalho; Excelência no Atendimento ao Cidadão; Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito; Procedimentos Operacionais Padrão; Motivação e Inteligência Emocional, Manuais e Protocolos Operacionais; e Rádio Operação: o Profissional do Atendimento Institucional.

Fotos – Divulgação / Semad

“O prefeito Arthur Neto sabe que a excelente qualidade na prestação de serviços e o bom atendimento à população são requisitos fundamentais para uma boa gestão. Por isso, investe na qualificação e constante atualização dos servidores municipais. O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana segue essa orientação e, com o programa de Procedimentos Operacionais proporciona a oportunidade de manter os agentes de trânsito atualizados e prontos para desafios”, ressaltou o diretor-presidente do IMMU, Manoel Paiva.

Para o agente de trânsito José Roberto Veloso, o curso foi muito importante, principalmente porque abordou a convivência com os colegas de trabalho, já que foram trabalhados aspectos da relação interpessoal. “Foram ministradas a cada módulo novas perspectivas de como lidar com a empatia no ambiente de trabalho e como ter um olhar mais direcionado para o profissional. A informática foi um módulo muito importante, assim como a psicologia, porque nos ajudou a ter um crescimento pessoal dentro do próprio ambiente e até mesmo trabalhar a valorização profissional para atender melhor as pessoas que procuram os serviços”, ressaltou.

Outro participante do programa, o agente de trânsito Alexandre de Pina Braga, enfatizou que os cursos foram essenciais para a atualização de novos conhecimentos. “Na área de trânsito, passamos muito tempo na rua lidando com o cidadão. Estávamos carentes dessa atualização e o curso foi muito relevante, principalmente porque trouxe temas voltados para a parte comportamental e psicológica, além de ter trabalhado a empatia”, destacou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •