Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Prefeitura de Manaus realizou na última terça-feira, 25/8, uma ação de combate à malária nas comunidades Itaporanga e Monte Carmelo, no bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus. Equipes do setor de Endemias do Distrito de Saúde (Disa) Norte, em parceria com o Núcleo de Entomologia do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), foram as responsáveis pelas atividades.

Conforme Francisco Walter da Silva Júnior, chefe do setor de Controle de Endemias do Disa Norte, o trabalho ocorreu em duas frentes: em uma delas, os servidores percorreram locais onde já foram registrados criadouros do mosquito Anopheles darlingi, transmissor da doença, para eliminar possíveis novos focos de reprodução do inseto; na outra, as equipes visitaram moradores com suspeita de contaminação pela malária, para realizar os encaminhamentos necessários ao diagnóstico e tratamento.

“É importante ressaltar que o Distrito Norte não possui casos autóctones, ou seja, em que a transmissão da malária aconteceu dentro do nosso território, mas apenas casos importados, trazidos de outras zonas da cidade. Graças ao monitoramento e vigilância constantes dos nossos servidores, aliados à colaboração dos próprios moradores, que têm denunciado a ocorrência de focos e informado sobre casos suspeitos, temos conseguido cortar o ciclo de transmissão da malária nessa região da cidade com sucesso”, explica Francisco.

Controle

A malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles darlingi. Ela costuma ter alta incidência em locais com forte presença de mata, como sítios, chácaras e nas zonas rurais dos municípios. Seus sintomas incluem calafrios, febre alta, dor de cabeça, tremores, vômitos, cansaço e falta de apetite.

Para denunciar a ocorrência de possíveis criadouros do Anopheles darlingi, a Semsa disponibiliza os contatos do Núcleo de Controle da Malária, pelo número 3228-5025, ou o e-mail [email protected].


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •