Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Manaus terá uma série de atividades programadas para marcar a passagem do Dia da Árvore na Amazônia, 21, e Dia da Água, 22. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) estabeleceu para o período de 15 a 23 deste mês uma variedade de ações que têm como foco principal ressaltar a importância do verde e dos recursos hídricos para a cidade. A programação constará de cursos, plantios, distribuição de mudas, manejo, mesa-redonda sobre árvore, água e clima, exposição sobre nascentes, Projeto Nosso Espaço Verde, orientações sobre regulamento de uso e apresentação teatral dentro do Projeto Arte no Parque na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) doTupé.

A secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt, explicou que a semana tem uma importância simbólica. “Nossa intenção é mostrar o quanto é importante a presença do verde dentro do contexto urbano e fazer com que a população também se sinta protagonista destas ações”, afirmou.

A programação começará, no sábado, 15, com uma atividade de paisagismo e educação ambiental no Conjunto Habitacional Deputado Francisco Queiroz, construído pelo Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis), no bairro Jorge Teixeira, onde será oferecida uma oficina sobre arborização (plantio e manutenção) para os moradores, será feito o plantio de 30 árvores e a execução do projeto de paisagismo com 700 mudas de espécies ornamentais. Paralelamente, uma equipe de educação ambiental estará no local fazendo um trabalho de sensibilização dos moradores com relação ao reaproveitamento de resíduos sólidos e jogos ambientais.

No dia 17, a Semmas realizará um curso de produção de mudas voltado para o repasse das noções básicas do processo de plantio e manutenção. O curso terá dois dias de duração e será dividido em dois módulos: um teórico na sede da Semmas (Rua Rubídio, 288, Vila da Prata) e outro prático, no Viveiro Municipal do Ifam (antiga Escola Agrotécnica Federal). Os interessados em participar podem ligar para 3236-8587 e fazer a inscrição. Todos os participantes receberão certificado.

Além de inserir o verde na cidade, as atividades da Semana da Árvore e da Água vão propor também uma reflexão em torno da importância dos recursos hídricos, com a realização do ciclo de palestras “Principais Bacias Hidrográficas de Manaus”, voltado para estudantes, universitários e servidores municipais. O evento acontecerá no dia 18, das 14h às 16h, no auditório da Semmas.

“O objetivo é propor uma reflexão em torno da importância dos recursos hídricos, mostrando que água e verde precisam um do outro para existirem. A cobertura vegetal protege os recursos hídricos e os vegetais não vivem sem a água”, observa a secretária Kátia Schweickardt, ressaltando a importância da participação das pessoas nessa relação no sentido de também preservar estes mananciais.

Dando continuidade ao trabalho, no dia 19 acontecerá a mesa redonda Árvore, Água e Clima, das 9h às 12h, no Les Artistes Café Teatro (na Avenida Sete de Setembro, 377, Centro), tendo como público-alvo acadêmicos de diversas instituições de ensino superior e integrantes dos conselhos consultivos das Áreas de Proteção Ambiental (APAs) e demais interessados.

A mesa-redonda contará com especialistas da área ambiental que tratarão sobre os temas propostos. O coordenador do curso de Engenharia Ambiental da Ulbra-Manaus, Gracielio Queiroz de Magalhães, abordará o tema Estrutura Ambiental Urbana: Tipos Vegetais Aplicados ao Paisagismo Urbano; o presidente do Conselho Regional de Química – 4ª Região, Sérgio Roberto Brigio, tratará sobre Recursos Hídricos, Urbanização e Sustentabilidade; o pesquisador da UEA Francis Wagner, com o tema Clima Urbano, e a pesquisadora do Inpa, Rita Mesquita, falará sobre Verde Urbano nas Nossas Vidas.

A partir das 14h, saindo da sede da Semmas, será feito um roteiro ambiental com os servidores e estagiários do órgão até a estação de captação d`água da Ponta do Ismael. No local, serão repassadas informações sobre consumo sustentável e o processo de tratamento da água consumida pela população. No dia 20, das 13h30 às 17h, na sede da Semmas, está programada a realização de mais um curso. Este será sobre Noções Básicas de Manejo da Arborização, voltado para servidores do Corpo de Bombeiros, Amazonas Energia e Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp). O objetivo da formação será buscar uma maior eficiência nas ações de manejo da arborização, principalmente no tocante às situações decorrentes de temporais, conflito com rede elétrica e quedas de árvores.

“Além de repassar informações sobre os procedimentos, o curso dará o pontapé para a sistematização das ações de manejo de árvores na cidade”, afirma o diretor de Arborização da Semmas, Heitor Liberato. O curso terá parte teórica e uma aula prática no entorno da sede da secretaria.

Na sexta-feira, 21, a programação terá continuidade com o plantio de 150 mudas de espécies florestais e frutíferas, na área verde do Conjunto Habitacional Duque de Caxias, no bairro de Flores. A ação contará com o apoio dos próprios moradores do conjunto. “Durante o plantio, estaremos pedindo o apoio dos moradores para a conservação e manutenção das mudas plantadas e ressaltando também a importância das áreas verdes da cidade como um todo”, explica a secretária Kátia Schweickardt.

No sábado, 22, o Projeto Nosso Espaço Verde realizará sua primeira edição do ano com o tema Água, com uma exposição sobre as principais nascentes protegidas da área urbana do município e atividades ambientais diversas, como jogos, oficinas e caminhadas nas trilhas, realizadas em parceria com instituições para comunitários do bairro do Japiim e do entorno do parque.

A Semana da Água e da Árvore encerra-se com uma programação cultural voltada para as comunidades ribeirinhas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé e visitantes, com a primeira edição do ano do Projeto Arte no Parque, que apresentará o espetáculo infantil Aykunã e a Árvore da Sabedoria, no Centro de Desenvolvimento Sustentável Roberto Vieira, na Praia do Tupé.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •