Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de Urucará, Felipe Cabeça Branca (PSD), de acordo com denúncia feita na página do Facebook, “Juventude de Urucará”, apesar de anunciar a compra no ano passado R$ 500 mil em medicamentos, anda distribuindo a população medicamentos vencidas na Unidade Básica de Saúde Dr. Antônio Taumaturgo, localizada no Paraná do Comprido, Zona Rural.

Na mesma página, a “Juventude de Urucará” denuncia a contratação de Eduardo Viana, apesar de não possuir nenhuma formação na área de saúde, foi nomeado pelo prefeito para ser diretor da UBS.

A "Juventude de Urucará" denunciou a distribuição de remédios vencidos à Secretaria de Saúde do Amazonas, Ministério Público, Ministério da Saúde, Conselho Regional de Medicina e Conselho Federal de Enfermagem.

Permitir que medicamentos vencidos ou prestes a vencer sejam distribuídos à população é colocar em risco a vida da população. As autoridades têm que tomar providências o mais rápido possível. Medicamentos vencidos sendo distribuídos é um crime grave.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •