Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um complexo pedagógico com horta, parque infantil e um espaço sustentável com materiais recicláveis – sala verde – foi inaugurado pela Prefeitura de Manaus nesta terça-feira, 17/9, no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Olavo Bilac, localizado no Parque das Nações, bairro Flores, zona Centro-Sul. O objetivo é o desenvolvimento integral das 545 crianças do 1º e 2º períodos e do maternal, com idades entre 3 e 5 anos.

“Acredito que somente com a educação poderemos avançar em outras áreas, como da saúde, da cidadania e até da economia. E essa vitória educacional começa ainda na educação infantil, por isso todos os nossos esforços para atender com infraestrutura e um projeto pedagógico de excelência essas crianças da rede de ensino”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Para a titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, os bons resultados são reflexo dos investimentos feitos pela atual gestão em ações pedagógicas, possibilitando que os professores façam a diferença nas escolas. “Por trás dos resultados que a educação de Manaus tem alcançado, tem outra essência, que é um trabalho conceitual muito importante, que a gente começa a pavimentar desde a educação infantil. Nós temos perspectiva de um desenvolvimento integral, que é trabalhar a pessoa em todas as dimensões e não apenas o cognitivo”, afirmou. 

A horta escolar vai ajudar no cardápio do Cmei Olavo Bilac com uma alimentação saudável e o Espaço Sustentável vai criar uma cultura de sustentabilidade, bem como a prevenção ao meio. Já o parque infantil tem como objetivo oferecer entretenimento aos alunos.

Durante a inauguração, os alunos do 2º período apresentaram a dança do “Mamulengo”, com bonecas de pano, aos pais, responsáveis e à equipe da prefeitura.

A escola já tinha no prédio anterior o parque infantil e a horta escolar, ambos do projeto Escola Sustentável, mantidos com recursos federais. Com a mudança de endereço, houve a necessidade de reconstruir os espaços. De acordo com a gestora da unidade, Helen Cristina Almeida dos Santos, a criação do Espaço Verde, foi uma ideia do professor Hudson Martins Leita, que leciona na escola municipal Hahnemann Bacelar, próximo ao Cmei Olavo Bilac. 

“Os novos espaços foram criados para que as crianças tenham maior oportunidade no desenvolvimento e na mobilidade motora e em todos os outros aspectos relacionados à aprendizagem. São espaços criados para estimular, motivar e oportunizar os nossos alunos, para uma melhoria contínua no processo de aprendizagem”, informou a diretora da unidade. 

Gracinete Mota, avó do aluno Ícaro Augusto Damasceno, 5, do 2º período, parabenizou a direção e os professores da escola pela atenção e a educação oferecida ao neto. “Meu neto não conhecia as letras, agora ele já conhece e ainda sabe escrever o próprio nome. Ele desenvolveu muito depois que começou a estudar aqui, vir para aula é um prazer, gosta dos amigos e das professoras. Eu só tenho a agradecer e parabenizar a dedicação de todos”, comentou. 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •