Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, lamenta profundamente a morte do arquiteto e colunista social, Paulo Ricardo Sachs, que faleceu em sua casa na noite de terça-feira, 18/8.

“É com imenso pesar que lamento a morte do querido amigo Paulo Sachs, figura ilustre na vida social do nosso Estado, colega de profissão na arquitetura, uma pessoa alegre, cheio de histórias e vontade de viver. Deixa como herança as memórias dos bons momentos com amigos, suas gargalhadas, suas viagens, toda a simpatia de quem conquistava a todos que o rodeava. Eu e meu esposo, o prefeito Arthur Virgílio Neto, deixamos nossa solidariedade a todos os amigos e familiares e ao seu grande amor, Rogério Guedes”, declarou a primeira-dama.

Paulo Sachs tinha 56 anos, era gaúcho, trabalhava e morava em Manaus há mais de uma década, onde atuava como arquiteto e colunista social em um jornal impresso. Sachs, que havia superado a Covid-19, estava se recuperando de uma cirurgia cardíaca. Ele teve uma parada cardíaca em casa e não resistiu.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •