Treinamento de profissiomais de saúde para atuação SAMU. Foto: Ingrid Anne
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após o encerramento das atividades do hospital de campanha municipal, a Prefeitura de Manaus está remanejando profissionais de saúde, que atuaram na unidade hospitalar durante a fase crítica da pandemia de Covid-19 na cidade, para pontos de atenção da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Nesta terça-feira, 14/7, um grupo de 15 técnicos de enfermagem, que agora integram a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu 192 Manaus, iniciou o treinamento e capacitação coordenado pelo Núcleo de Educação Permanente de Urgência. Além dos técnicos, enfermeiros também passarão pela capacitação.

No total, vinte e dois profissionais que atuaram no hospital de campanha agora compõem a equipe do Samu, sendo 12 no SOS Vida, serviço de atendimento social da Prefeitura de Manaus. Os profissionais são oriundos do Processo Seletivo Simplificado da Semsa de 2017.

Profissionais de saúde do hospital de campanha são remanejados para o Samu 192 Manaus

A capacitação é ministrada pela chefe do Núcleo de Educação Permanente de Urgência, enfermeira Leda Sobral; pela diretora de enfermagem do Samu, Elen Assunção; e pelo diretor-técnico do serviço, médico Domício Filho.

“Hoje, estamos aqui com técnicos de enfermagem e um condutor, do Samu e do SOS Vida. Esse grupo todo veio do hospital de campanha sendo lotado no nosso serviço e por isso essa atividade. Na última quinta-feira, 9/7, realizamos esse mesmo treinamento com a primeira parte do grupo. Os enfermeiros que vieram também passarão por uma capacitação mais ampliada”, destacou Leda Sobral.

De acordo com a equipe responsável pelo curso, a principal proposta desta primeira etapa da capacitação é promover uma ambientação dentro do serviço pré-hospitalar, que tem características próprias.

“Importante destacar que os profissionais que estão aqui já possuem treinamento para atuarem como técnicos de enfermagem. Então, nesta capacitação estamos abordando o funcionamento do Samu, protocolos de suporte básico, como atender pacientes com paradas cardiorrespiratórias etc. E em seguida, em uma próxima etapa, abordaremos outros protocolos, como de mobilização”, explicou a diretora de enfermagem, Elen Assunção.

Os técnicos já estão lotados nas bases do Samu e SOS Vida, e acompanham, no momento, como observadores o trabalho dos técnicos já experientes. “A entrada desses profissionais no Samu e SOS Vidaveio agregar ao nosso trabalho. Tivemos um reforço na frota de ambulâncias, alguns dos nossos servidores já vieram a se aposentar, então vamos repondo novos na ativa”, finalizou Elen.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •