Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso, esse é o objetivo do Programa Centelha Amazonas apresentado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) durante o 2º Confex na Roda com a Rede de Inovação e Empreendedorismo da Amazônia (Rami), no sábado (14/06), no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, bairro Crespo, zona Sul de Manaus.

A Rami é uma das 26 instituições parceiras do Programa Centelha Amazonas, a iniciativa visa transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso, oferecendo aos participantes, capacitação e suporte para alavancar o negócio e ampliação do networking.

Na oportunidade, a coordenadora do Centelha Amazonas pela Fapeam, Kathya Thomé, destacou que  o Programa conta  com investimento de R$ 1.820.000,00 (um milhão oitocentos e vinte mil reais) para apoiar, por meio de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis),  até 28 projetos de inovação no Amazonas, no valor unitário de até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais). 

“O Centelha é um incentivo ao empreendedorismo inovador, visando empreendimentos de sucesso ao final do programa, que recebe até o dia 29 de outubro as propostas de interessados em inscrever ideias inovadoras, por meio do site: www.programacentelha.com.br/am”, destacou, informando que com o cadastro na plataforma a pessoa já tem acesso aos vídeos de capacitação.  

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Outro programa de fomento na área de empreendedorismo e inovação da Fapeam destacado foi o Programa de Apoio à Incubadoras (Pró-Incubadoras), cujo o objetivo é fomentar a estruturação de novas incubadoras e o desenvolvimento de incubadoras de empresas alinhadas ao Modelo de Centros de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne), de forma a ampliar o número e a qualidade de empreendimentos inovadores no Amazonas.  O Pró-Incubadoras recebe propostas até o dia 21 de outubro, via SigFapeam disponível em www.fapeam.am.gov.br

Roda de Conversa – Além da Fapeam, participaram da Roda de Conversa com a Rami o  Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), que apresentaram parte do trabalho desenvolvido nas suas instituições. 

A presidente da Rami, Olinda Marinho, disse que o evento é itinerante,  e tem o intuito de fomentar a inovação e empreendedorismo no ecossistema da Região Norte, com apresentações de pitchs de startups e empresas selecionadas da região a investidores convidados.

Edital do Pró-Incubadoras

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •