Keilla Cristina chegou a presidência da Comissão Provisória do PTB no Amazonas em março deste ano
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A informação de que a superintendente estadual de Habitação do governo Wilson Lima (PSC), Keilla Cristina Cunha da Silva, perderia o comando do PTB no Amazonas, nesta quinta-feira (12) quando encerra a vigência da Comissão Provisória Estadual não passa de boatos. Keilla a continua firme e forte no comando da sigla partidária até dia 9 de junho de 2020.

De acordo com a comunicação encaminhada nesta quarta-feira por Norberto Martins, 1ª Secretário Nacional do PTB, ao desembargador João de Jesus Abdala Simões, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE), Keilla Cristina permanece no comando da sigla.

Com a licença de Roberto Jefferson por motivos de saúde, o 1ª Secretário Nacional do PTB, Norberto Martins, que também é delegado nacional da legenda, responde pelo partido.

O documento, que o Fato Amazônico teve acesso, demonstra que não teve alterações na Comissão Provisória. A única alteração comunicada ao TRE é a vigência da Comissão Provisória que terá poder de representar o partido com todos os poderes de gestão política, administrativa e financeira com vigência até junho de 2020.

Keilla Cristina chegou à presidência da Comissão Provisória do PTB no Amazonas em março deste ano e mostra grande capacidade de articulação política com Roberto Jefferson.

Este ano, Roberto Jefferson ao empossar a nova direção do PTB do Amazonas, disse que Keilla Cunha, estava chegando às fileiras petebistas com a missão de reorganizar e fortalecer a base da legenda e lançar o máximo possível de candidatos, a fim de que o partido obtenha maior êxito nas eleições municipais de 2020.

Cumprindo a determinação do presidente nacional da sigla, Keilla Cristina, já se movimenta para organização o PTB no Amazonas, começando por Manaus, onde em breve ela irá anunciar o nome de médico que assumirá o comando do Diretório Municipal do Partido Trabalhista Brasileiro.

“Já estamos também articulando os diretórios municipais de todo o estado”, disse uma fonte ligada ao PTB, em Manaus, afirmando que o partido pensa grande poderá indicar um nome na sucessão municipal.

Comunicado


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •