Nos últimos 2 meses, Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) foi o ministro mais citado na agenda de Bolsonaro (Foto: Sérgio Lima/Poder360)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O novo titular da Secretaria de Governo, ministro Luiz Eduardo Ramos, nem bem assumiu e já desbancou Onyx Lorenzoni (Casa Civil), tornando-se o ministro com o nome citado em mais compromissos na agenda de Jair Bolsonaro: foram 28 em julho e 26 em agosto. Já o chefe da Casa Civil teve, respectivamente, 26 e 15 reuniões.

O Poder360 compilou os encontros do presidente da República com seus ministros nos 8 primeiros meses do ano, segundo a agenda oficial do Palácio do Planalto:

 

No acumulado de 2019, ninguém esteve listado em mais compromissos que Onyx: 188 vezes. O ápice foi em maio, quando o ministro da Casa Civil organizou a maratona de reuniões com congressistas para articular votos da Previdência. Na média, no entanto, fica atrás de Ramos: 23,5 agendas/por mês contra 27 do novo ministro.

GANHA DE SANTOS CRUZ

Ramos demonstra mais prestígio em relação ao antecessor, o general Carlos Alberto dos Santos Cruz. Nos meses em que mais esteve com Bolsonaro, maio e junho, ele foi citado em 15 compromissos na agenda. Outra comparação: só 1 mês de Ramos soma mais compromissos que o ano inteiro de Sergio Moro (Justiça).

Luiz Eduardo Ramos assumiu a Secretaria de Governo em 4 de julho.

Nascido no Rio de Janeiro, o general está no Exército desde 8 de março de 1973. Além de comandante militar do Sudeste, também já foi comandante da 11ª Região Militar, em Brasília e atuou como force commander [comandante da parte militar] da missão da ONU no Haiti.

VITOR HUGO

Nenhum congressista esteve em mais compromissos que o líder do Governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO). Foram ao todo 82. Questionado por líderes partidários e por Rodrigo Maia, continua sendo presença frequente na agenda do presidente. (Poder 360)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •