Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O escândalo de corrupção e conflito de interesses da Secretaria de Comunicação do governo Bolsonaro, que envolve o secretário Fábio Wajngarten, acusado de receber dinheiro de agências de publicidade e de emissoras de televisão por ele contratadas, como Band e Record, ainda vai longe.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pretende denunciá-lo à Procuradoria-Geral da República. Para o líder da oposição no Senado, não há como aceitar que uma nova denúncia de corrupção seja varrida para debaixo do tapete.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •