Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em relação ao recadastramento obrigatório de servidores, aposentados e pensionistas do Governo do Amazonas, a Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead) destaca que a Superintendência Regional do Bradesco criou um Núcleo de Atendimento com mais de 25 funcionários na agência localizada na rua Silva Ramos, Centro, para atender com maior comodidade os agentes públicos. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h.

A Sead, secretaria que coordena o procedimento, ressalta que, conforme o Decreto nº 41.350, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), o recadastramento é realizado em qualquer agência ou posto de atendimento do Bradesco. Portanto, o servidor não precisa se dirigir até a agência onde é correntista, porque pode realizar o procedimento em qualquer unidade do banco.

A superintendência do banco recomenda que devem se dirigir ao Núcleo de Atendimento da rua Silva Ramos, os agentes públicos que tiverem a intenção de se recadastrar nas agências localizadas no Centro, que são as unidades das avenidas Eduardo Ribeiro, Sete de Setembro e Boulevard Alvaro Maia. A Sead destaca que o recadastramento é realizado sem ônus para o Estado.

Documento necessários – A lista completa de documentos do servidor e de seus dependentes para o recadastramento está disponível no site da Sead (http://www.sead.am.gov.br). No endereço eletrônico é possível encontrar, também, a localização das agências, o calendário de recadastramento e outras informações.

Em 2020, os beneficiários da Fundação Amazoprev farão apenas o recadastramento obrigatório nas agências do Bradesco. O servidor, o aposentado e o pensionista que deixarem de fazer o procedimento terão o salário ou o benefício suspensos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •