Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após mais de um ano afastado, o atacante uruguaio Gonzalo Carneiro voltou a ser visto nas atividades do São Paulo na última terça-feira. A tendência é que o atleta de 24 anos receba uma nova oportunidade no Tricolor, passando a integrar as opções do técnico Fernando Diniz para a linha de frente.

Carneiro foi suspenso do futebol em março de 2019, quando um exame antidoping detectou a presença de benzoilecgonina, um metabólito da cocaína, no corpo do jogador.

Mesmo com o longo período fora dos gramados, o São Paulo deve dar a chance do uruguaio se reafirmar no elenco. A Gazeta Esportiva apurou que Fernando Diniz entende que o atleta é jovem e tem potencial para evoluir seu futebol.

Em entrevista concedida à Espn no mês de abril, o treinador do São Paulo já falava sobre a possibilidade de reintegrar Carneiro ao elenco.

“Eu conheço pouco o jogador, mas estou por dentro de tudo o que aconteceu. Não é uma questão psicológica, é humanidade. Tem que acolher, esse é o primeiro passo. A partir disso, veremos as possibilidades de usá-lo no São Paulo”, disse o técnico do clube paulista.

A volta de Carneiro às atividades ocorre justamente no momento em que o Tricolor sofre uma baixa no ataque. Afinal, Antony já está vendido ao Ajax e deve se apresentar ao clube holandês em julho.

Ao longo das partidas que disputou pela equipe do Morumbi, Carneiro chegou a ser aproveitado em diferentes posições no ataque. Além de centro-avante, o uruguaio também atuou pelas pontas.

No total, Gonzalo Carneiro tem 24 partidas com a camisa do São Paulo. O momento mais marcante do atleta pelo clube até o momento é a semifinal do Campeonato Paulista de 2019. Na disputa de pênaltis contra o Palmeiras, o atacante deu uma cavadinha em uma das cobranças que levaram o Tricolor à decisão do estadual. (Gazeta Esportiva)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •