Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Rede Globo comunicou ao humorista Renato Aragão que, após 44 anos, ele deixa de ser contratado da emissora. Aos 85 anos, ele foi comunicado sobre a não renovação do seu vínculo, que se encerrar nesta terça-feira (30).

O humorista confirmou para Maurício Stycer que está deixando a rede. Em conversa com a coluna, o ator e humorista reiterou a disposição de seguir em frente: “Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano”, diz.

Aragão acrescenta: “Nós chegamos a um acordo. Contrato é uma coisa simbólica. Continuo trabalhando na Rede Globo por projetos pontuais e faço projetos em outras plataformas. É a oportunidade de fazer também em outro lugar”, diz ele.

O humorista não revela com quem tem conversado. “Não posso falar porque são coisas em negociação”. Mas especula-se que há projetos sendo discutidos na Netflix e na Amazon.

Fora do ar desde 2013, Renato Aragão tinha um salário mensal na casa dos R$ 400 mil reais, segundo fontes do canal.

Assim como ele, outros veteranos com contratos praticamente vitalícios com o canal, como Cid Moreira, Tarcísio Meira, Gloria Menezes também podem ser dispensados em breve. Outros medalhões como Aguinaldo Silva, Vera Fischer, Miguel Falabella, Zeca Camargo e Stênio Garcia já perderam seus contratos com a rede.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •