Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Há cerca de quatro domingos com oscilação na energia sempre desde às 06h da manhã até o anoitecer e sem pode assistir os jogos da Copa do Mundo e vendo estragar a alimentação dentro das geladeiras e dos freezers os moradores da Rua Paulo Eduardo de Lima, no bairro Riacho Doce, na Zona Norte de Manaus resolveram ontem à noite fechar a via e atear fogo em entulhos para protestar.

O borracheiro Éder Neves Gomes, de 32 anos, um dos líderes do movimento disse começaram fechar as ruas dentro do bairro, mas não conseguiram chamar atenção das autoridades e resolveram então ir a via principal do Riacho Doce e atear fogo em tudo que encontraram pela frente.

Ele disse que a intenção dos moradores da via não era de fazer confusão ou depredar nada, mas apenas fazer com que as autoridades ou os responsáveis pela Amazonas Energia fossem ao bairro para resolver a instabilidade na energia evitando mais perdas de aparelhos eletrônicos que queimaram com a oscilação.

Quem também teve problemas com a oscilação da energia durante todo o dia de ontem foram os comerciantes da rua que acabaram perdendo produtos perecíveis como carne, mas quem amargou também prejuízo foi quem trabalha com sorvetes.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •