Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Rodoviários das empresas de ônibus Global Green e São Pedro cruzaram os braços na manhã desta terça-feira, afetando o transporte da população das Zonas Norte, Leste e Oeste de Manaus. Cerca de 350 mil usuários do transporte coletivo estão prejudicados com a paralisação, que de acordo com os trabalhadores não terá tempo para terminar.

Os trabalhadores reivindicam o desconto e a falta do depósito do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além de outros benefícios.


Em frente a Global os rodoviários estão de braços cruzados

O trânsito nas proximidades do Terminal de ônibus (T5) está prejudicado, tanto no sentindo Coroado como no Distrito Industrial.

A empresa Global Green, conta hoje com cerca 250 ônibus e 130 pertence as São Pedro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •