Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Romeiro Mendonça reassumiu na última sexta-freira (6) o cargo de prefeito do município de Presidente Figueiredo que lhe havia cassado por unanimidade o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no final de novembro deste ano.

O retorno de Romeiro foi discreto, dispensou os melhores espumantes, frequentes nas libações de tempos idos, mas foi recepcionado pelo velho, manjado e ensurdecedor pipocar de fogos de artifícios, quase sempre queimados com recursos públicos.

Como pode ser observado no vídeo, Romeiro chegou  à sede do município em seu carro particular e foi recebido  por um grupelho de seguidores sorridentes – todos ansiosos desejosos para um afago no caliente no  chefe.

Na sala do prefeito, vazia, diga-se de passagem, Romeiro se mostrava lépido, receptivo, sociável, envolvente – um homem verdadeiramente feliz na sua mais elevada inteireza.

Com o telefone na mão, Romeiro faz algumas ligações. Alguns minutos depois pede a um dos assessores presentes, o número do telefone do deputado federal Átila Lins, aquele nascido lá pelas barrancas do Solimões, no município de Fonte Boa.

E assim, Romeiro cumpriu a sua primeira agenda de compromisso como prefeito reempossado.

Ah! só  para lembrar: Átila Lins é primo do desembargador Jorge Lins que, no impedimento do presidente do TRE, desembargador João Simões e na ausência do vice Aristóteles Thury, lhe permitiu que retomasse, sem maiores delongas, o cargo de prefeito.

Vídeo


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •