Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os cães adoram demonstrar todo o amor e carinho que sentem por seus tutores através de lambidas, muitas vezes no rosto. Algumas pessoas acham lindo e adoram os “lambeijos” na face, mas o ato pode trazer problemas de saúde.

A boca dos cães é uma região que pode abrigar uma grande variedade de bactérias, algumas delas potencialmente letais.

De acordo com o especialista em cães Marty Becker, basta observar o comportamento dos cachorros para perceber isso. Becker frisa que, além de atacarem latas de lixo, os cães têm o hábito de cheirar o bumbum uns dos outros.

“Não é apenas o que é transportado na saliva. Os cachorros passam a metade da vida com o nariz em cantos sujos ou rondando em torno de excrementos de cães, de modo que seus focinhos estão cheios de bactérias, vírus e germes de todos os tipos”, explicou John Oxford, professor de virologia e bacteriologia da Universidade Queen Mary de Londres.

A lista de doenças potenciais é bastante preocupante. A Capnocytophaga canimorsus, organismo transportado na boca dos cachorros que pode causar uma infecção muito grave, pode levar a septicemia – infecção na qual a bactéria (ou os germes), a partir de um ponto, atinge vários órgãos do corpo, dando um caráter mais generalizado a condição.

Saiba mais em: Portal do Dog


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •