Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na manhã de terça-feira, (11/08), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) em conjunto com a empresa cogestora Reviver Administração Prisional Privada, inaugurou, o Centro de Atenção à Saúde (CAS) no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no km 08 da BR 174 (Manaus-Boa Vista).

O novo espaço foi construído pela mão de obra carcerária de 40 internos do programa de ressocialização da Seap, “Trabalhando a Liberdade”. O espaço de 12 salas, todo climatizado, conta com novos ambientes como: banheiros feminino e masculino, sala de espera, sala de expurgo, sala de esterilização, enfermaria e consultórios clínicos, psicológicos e odontológicos com aparelhos e equipamentos tecnológicos novos.

Em discurso, o secretário da Seap, coronel Vinícius Almeida, valorizou o trabalho de toda a equipe da secretaria, dos parceiros e, especialmente, dos reeducandos do projeto. “Quero saudar aos internos pelo trabalho grandioso que vocês têm feito, ajudando a mudar percepção da sociedade em relação a possibilidade real de vocês entrarem aqui de uma forma e sair muito melhor do que entraram. Isso é uma conquista de vocês”.

O secretário falou ainda dos próximos planos para os internos do Compaj do programa de ressocialização pelo trabalho. “Hoje, 57 reeducandos já estão inseridos em programas de trabalho remunerado, onde eles têm direito a um salário mínimo que é dividido em quatro partes, gerando renda para eles, para a família, para o pecúlio e para o Estado. Com a nova licitação, aproximadamente, mais 40 internos dessa unidade serão contratados”, afirmou Almeida.

Na cerimônia de inauguração estavam presentes o defensor público Theo Eduardo Costa, a promotora de Justiça, Cristianne Corrêa, e a juíza da 4a Vara Federal do Amazonas, Ana Paula Serizawa.

Melhoria contínua – Para o diretor do Compaj, Lucas de Maceda, o Centro de Saúde é mais uma melhoria no sistema prisional que a atual gestão vem proporcionando. “Nosso Centro de Atenção à Saúde é uma forma de melhorarmos o atendimento aos internos, bem como proporcionar aos nossos servidores condições dignas de trabalho, com instalações asseadas e bem estruturadas”, disse.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •