Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria de Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM) realizou, na quarta-feira (21/08), a cerimônia de entrega dos cheques simbólicos aos contribuintes e às instituições premiadas no 48º sorteio mensal da Campanha Nota Fiscal Amazonense. Em seu quarto ano, a campanha já distribuiu R$ 9,7 milhões para mais de 12 mil cidadãos na capital e no interior do estado.
Grande vencedor do sorteio, de RS 20 mil, o agente de segurança Crysthiano Ferreira disse que deve a sua esposa, Ana, o “empurrãozinho” para que ele pudesse ter a chance de ganhar o prêmio. “Minha esposa insistia muito (para eu colocar o CPF na nota) e eu fui colocando. Ela ficou até chateada de eu ter ganho e ela não”, brincou ele.
 
Curiosa também foi a forma como ele descobriu que era um dos dez premiados do mês na campanha. “Uma pessoa que estudou comigo na infância procurou a minha mãe porque viu meu nome na lista dos contemplados. A gente fica emocionado. Minha família está muito feliz”, contou, entusiasmado. 
 
O servidor público Christian Lourinho, 44, foi o vencedor do prêmio de R$ 10 mil. Cadastrou a Casa Vhida para receber o prêmio junto com ele – a instituição recebe um valor de 40% do prêmio do sorteado (R$ 4 mil) à parte do valor destinado ao sorteado ao padrinho sortudo. Ele disse que vai colocar as contas em dia e comprar mantimentos para um abrigo de animais que ele ajuda.
 
De personalidade solidária, ele disse que quer conhecer a Casa Vihda, instituição cadastrada para receber o prêmio junto com ele. “Ajuda bastante, né? A gente está com conta pra pagar. Eu ajudo uma instituição de cuidados com animais, aí já dá pra comprar ração pra gato, pra cachorro”, afirma.
 
Assim como Chrstian, a dona de casa Idenis de Oliveira incentiva para que seus familiares e amigos coloquem CPF nas notas fiscais de cada compra que faz. “O sorteio veio como presente, pois esse mês é meu aniversário. Vou poder ajudar uns familiares que estão com dividas e vou guardar o restante. Sempre peço CPF na nota e comento com meus amigos pra pedirem por questões de segurança. Assim, eles podem confirmar a compra de cada produto”, afirma. 
 
Histórico – Nos quatro anos de campanha, mais de 12,8 mil contribuintes já foram premiados nos sorteios diários (de R$ 200 a 1.000), mensais (de R$ 5 mil a R$ 20 mil) e anual (de R$ 20 mil a R$ 50 mil). Ao todo, foram pagos mais de RS 9,7 milhões a contribuintes cadastrados na campanha e que pedem CPF na nota no ato de suas compras.
Sorteios e cadastro – Há três modelos de sorteio da Nota Fiscal Amazonense. Nos sorteios diários, são cinco prêmios de R$ 200 e um de R$ 1.000. A premiação é instantânea, por nota, independente do valor. Nos sorteios mensais, os prêmios variam de R$ 5 a R$ 20 mil, e nos sorteios especiais, de R$ 10 a R$ 50 mil.
Os resultados são publicados no portal da campanha https://nfamzonense.sefaz.am.gov.br. O acesso à conta individual, criada no ato do cadastramento, ocorre por meio de senha própria, o que garante segurança sobre as informações armazenadas como notas fiscais, que podem ser visualizadas e impressas a qualquer tempo.
Entidades sociais – No ato do cadastro, o cidadão indica uma instituição social para apadrinhar na campanha. A entidade recebe o equivalente a 40% do valor do prêmio do vencedor. O Governo do Amazonas paga um prêmio à parte para as instituições. A pessoa física recebe integralmente o que ganhou.
O coordenador da campanha, Augusto Bernardo Cecílio, explica que, em algumas ocasiões, o programa é alvo de boatos e de informações inverídicas. Uma delas seria a de que, ao cadastrar o CPF no ato da compra, o cidadão passaria a ser “monitorado” pela Sefaz-AM. “A Secretaria não quer saber quanto você ganha ou gasta, apenas aumentar o controle sobre a venda e inibir a sonegação de impostos”, explicou.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •