Foto: Marcello Casal
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, em que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirma que vai interferir na Polícia Federal, a rejeição contra o chefe do Executivo cresceu, chegando a 43%. No levantamento anterior, de 27 de abril, a insatisfação com o militar da reserva era relatada por 38% dos brasileiros. Os números fazem parte de nova rodada de pesquisa da avaliação presidencial do Datafolha.

A aprovação de Bolsonaro, por outro lado, seguiu estável, com os mesmos 33% nas duas aferições. Já o número daqueles que acham o governo regular, caiu de 26% para 22%.

Em relação às atitudes tomadas pelo presidente da República, 37% dos entrevistados acham que Bolsonaro nunca se comporta de forma adequada ao cargo, ante 28% há um mês.

O estudo ouviu 2.069 adultos, com margem de erro de dois pontos percentuais, e foi realizada entre segunda-feira (25/05) e terça-feira (26/05), após a divulgação do vídeo, realizada na sexta-feira (22/05). As informações são de Metrópoles.

Veja como era e como ficou a avaliação do presidente:

  • Ótimo/bom: era 33% e se manteve em 33%
  • Regular: era 26% e foi para 22%
  • Ruim/péssimo: era 38% e foi para 43%

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •