Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Seis, dos sete candidatos ao governo do Estado tiveram suas declarações de bens divulgadas a Justiça Eleitoral no sistema Divulgacand2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram eles: Abel Alves (PSOL), Eduardo Braga (PMDB), Herbert Amazonas (PSTU), José Melo (PROS), Luiz Navarro (PCB) e Marcelo Ramos (PPS).

Apenas Marco Antônio Chico Preto (PMN), de acordo com pesquisa no Divulga Cand 2014, não tinha até às 19h17 de hoje realizado a sua declaração de bens. Os candidatos que vão participar do pleito tinham até às 19h de sábado (5) para registrar suas candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas.

O governador José Melo, que concorre a reeleição, declarou à Justiça um patrimônio estimado em R$ 699 mil, apenas R$ 369 mil a mais que o trabalhador da construção civil e candidato ao governo Luiz Navarro, que declarou R$ 330 mil.

Abel Alves, declarou um Fiat Idea, no valor de R$ 24 mil e edificações de aproximadamente de R$ 250 mil, perfazendo um total de R$ 274 mil. O funcionário público Herbert Amazonas declarou à Justiça Eleitoral possuir apenas um automóvel, com valor estimado em R$ 10 mil.

O senador Eduardo Braga declarou à Justiça um patrimônio estimado em R$ 27,2 milhões. A lista de bens do candidato do PMDB é composta por 61 itens.

O deputado estadual Marcelo Ramos, em declaração a Justiça, afirmou ter hoje um patrimônio de R$ 321 mil.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •