Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – Com Antony disputando o Pré-Olímpico com a Seleção Brasileira e Helinho com entorse no tornozelo, Fernando Diniz terá que inovar para escalar o ataque do São Paulo. O Tricolor volta a campo nesta próxima quarta-feira, contra a Ferroviária em Araraquara, pela 3ª rodada do Campeonato Paulista.

Sem mudar o 4-3-3 utilizado nos dois primeiros jogos de 2020, Diniz tem três opções para o lado direito do ataque: Everton, Pato e Daniel Alves. Nenhum dos atletas tem como origem a posição, sendo que Everton joga pelo lado esquerdo, Pato é visto como centro-avante por Diniz e Daniel Alves ganhou espaço como segundo homem de meio-campo.

Apesar de não estar acostumado com a posição, o camisa 10 fez uma de suas melhores partidas com a camisa do São Paulo jogando no setor. No empate contra o Santos pelo 2º turno do Campeonato Brasileiro de 2019, Daniel Alves foi protagonista com o gol de empate do Tricolor e boas jogadas de ataque.

Já Pato foi pouco usado jogando aberto. Para o treinador, o camisa 7 disputa posição com Pablo e não tem velocidade para atuar como ponta. Já Everton, que passou quase o 2º semestre de 2019 inteiro machucado, estreou sob comando de Diniz no último domingo.

Mas Diniz também tem a opção de mudar o esquema de jogo. O técnico pode, por exemplo, optar por quatro meio-campistas e dois atacantes, promovendo a entrada de Liziero ou Everton (centralizado) no meio; e Pato e Pablo no comando de ataque.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •