Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã passa a contar com 37 novos Agentes Ambientais Voluntários (AAV) capacitados pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). A formação encerrou na quarta-feira (19/02), na Unidade de Conservação localizada no município de São Sebastião do Uatumã (a 247 quilômetros de Manaus). O principal objetivo da atividade é habilitar os moradores para atuarem como multiplicadores das ações ambientais na região.

Com a formação, os agentes poderão apoiar as lideranças comunitárias no monitoramento da biodiversidade, nas ações de pesca esportiva e pesca comercial. Segundo o coordenador do Programa AAV, Abraham Benayon, a capacitação é importante para o fortalecimento da gestão ambiental no Amazonas.

“Com a capacitação, os moradores da RDS estão preparados para apoiar uma série de atividades na Unidade de Conservação (UC) e entorno, como o monitoramento dos tabuleiros de quelônios. São pessoas que recebem uma série de orientações sobre a legislação ambiental do estado e estão prontas para auxiliar na gestão das nossas áreas protegidas”, explicou.

A moradora da RDS do Uatumã, Ana Lúcia, foi uma das Agentes Ambientais Voluntárias capacitadas durante as oficinas. Ela destacou a melhoria na qualidade de vida da população, por conta do programa. ”O programa nos trouxe uma série de coisas boas, como ensinar nossos filhos a importância de conservar a floresta”, disse.

A atividade contou com o apoio da Associação Agroextrativista das Comunidades da Reserva do Uatumã e da Prefeitura Municipal de São Sebastião do Uatumã.

Capacitações – O Programa de formação dos AAV é uma política do Governo do Estado criada em 2008 para disseminação da educação ambiental no Amazonas pelos moradores e usuários do território. Em 2019, o Programa bateu o recorde anual de capacitações e credenciamentos, com 634 voluntários formados.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •