Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os trabalhos desta semana na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) começaram com a oitiva da servidora da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Priscila Augusta Lira pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde.  Após esse depoimento, a comissão anunciou que vai solicitar a um banco privado cópia da ordem bancária recebida da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), em 2017, para execução de pagamento de processo referente à oferta de exames ginecológicos em municípios do interior do Amazonas.

Na Sessão Plenária da terça-feira (18), os deputados estaduais do Amazonas aproveitaram seus pronunciamentos para registrar suas atividades pelo interior do Estado. João Luiz (PRB) repercutiu visita ao município de Rio Preto da Eva (a 57 km de Manaus), Alessandra Campêlo (MDB) falou da inauguração da primeira casa de parto do interior no município de Novo Airão (a 190 km de Manaus) e Joana Darc (PL) falou da visita feita ao município de Novo Aripuanã (a 225 km de Manaus).

Na quarta-feira (19) a Sessão Plenária foi palco de debates sobre o Terminal Pesqueiro, repasses constitucionais, atendimento hospitalar e mutirões de cirurgias oculares, feitos pelos deputados Álvaro Campelo (Progressistas), Serafim Corrêa (PSB), Alessandra Campêlo (MDB) e Carlinhos Bessa (PV), respectivamente.

Paralelamente,  a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia (CDC/Aleam) realizou a operação “Fraude no Comércio”, desencadeada pela Força-Tarefa do Consumidor, que resultou em sete lojas notificadas e quase dois mil itens falsificados apreendidos na Galeria Milano, na rua Marechal Deodoro, Centro de Manaus. A operação da Força-tarefa do Consumidor, composta pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam), Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor (Decon) e Procon-AM, foi deflagrada com base na denúncia do representante das marcas oficiais, com escritório em São Paulo.

Na tarde do mesmo dia a CPI da Saúde deu continuidade  aos trabalhos com o depoimento da ex-sócia da Líder Serviços, Elisângela da Silva e com o proprietário da empresa Petros, Rafael Garcia de Silveira.

Já na quinta-feira (20) os pronunciamentos dos parlamentares tiveram temas diversos na Sessão Plenária, envolvendo desde questionamentos sobre a sede da nova Delegacia Especializada de Combate à Corrupção e seu funcionamento, projetos de lei e parabenizações à Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e ao centenário do ex-governador, ex- deputado federal e ex- senador José Lindoso. Concluída esta etapa, o plenário teve mais um dia de votação, com a aprovação de 18 matérias legislativas, incluindo a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, com 36 emendas parlamentares, entre elas uma de autoria do presidente da Assembleia, deputado Josué Neto (PRTB), que autoriza o governo a incluir no orçamento de 2021 recursos para a realização de concurso público para a Polícia Civil do Amazonas (PCAM).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •