Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), da Prefeitura de Manaus, manifesta profundo pesar pela morte de Maria Edilena de Oliveira Branches, mãe da jornalista Daniela Branches, ocorrida na terça-feira, 25/8, no hospital e pronto-socorro Platão Araújo, em decorrência da Covid-19, provocada pelo novo coronavírus.

“Todos nós, da área da comunicação, nos solidarizamos com a Daniela nesse momento difícil. Lamentamos a partida, principalmente por sabermos que durante toda a pandemia, ela esteve e continua levando informações à população e prestando um serviço essencial no combate a essa doença. Em nome de todos os nossos servidores, deixo os mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos, para que possam superar esse momento tão difícil”, disse a secretária da Semcom, Kellen Lopes.

Daniela Branches, que é jornalista da Rede Amazônica, emissora ligada ao grupo Globo, também havia sido diagnosticada com Covid-19, com sintomas de uma forte gripe e declarou em redes sociais que teve alta médica no último fim de semana, com uma boa recuperação.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •