Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Piscicultores da estrada UR 04 e da comunidade Amanary, no município de Urucará (a 261 quilômetros de Manaus), foram beneficiados na terça-feira (11/08), com a entrega de 10 mil alevinos de tambaqui. A ação realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), contou com apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado (Idam).

Os alevinos foram doados pelo Centro de Treinamento, Tecnologia e Produção em Aquicultura (CTTPA), coordenado pela Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa/Sepror), que fica localizado em Balbina, no município de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros da capital).

De acordo com a gerente do Idam em Urucará, Dulcilene Oliveira, a ação é um incremento para quem trabalha com a criação de peixes. “O Idam em Urucará tem priorizado alternativas que viabilizem geração de renda e aumento da produção local. Com a entrega desses alevinos, a expectativa é obter uma produção de 24 toneladas de tambaqui em até 12 meses. Isso é incentivo, é comércio e principalmente renda”, frisou.

Assistência Técnica – Após a entrega de alevinos, os piscicultores irão receber assistência técnica com o objetivo de melhorar o sistema produtivo. Para isso, serão monitorados parâmetros da qualidade de água e principalmente o ganho de peso mensal, visando a utilização correta da quantidade de ração a ser fornecida aos peixes.

Segundo o gerente de Apoio à Aquicultura e Pesca do Idam, Daniel Borges, está no planejamento do Idam Central a realização de um curso de Boas Práticas de Manejo na Aquicultura para o segundo semestre de 2020.

“A capacitação contará com uma carga horária de 16 horas e abordará temas como seleção de áreas para piscicultura, regularização ambiental da atividade, monitoramento da qualidade de água, densidade de estocagem e despesca”, destacou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •