Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Veja – Três policiais palestinos morreram, na terça-feira 27 à noite, em atentados na Faixa de Gaza, anunciou o ministério do Interior do território palestino controlado pelo Hamas.

As autoridades de Gaza já haviam informado durante a noite sobre “explosões”, mas nesta quarta-feira descreveram os atos como “atentados com bombas” e aumentaram o balanço de dois para três mortos, além de três feridos.

Testemunhas afirmaram que as explosões foram provocadas por atentados suicidas cometidos por homens a bordo de motocicletas, mas as fontes oficiais não confirmaram esta descrição dos ataques.

Uma fonte próxima à investigação indicou a suspeita de envolvimento de um grupo salafista de Gaza que simpatiza com o movimento extremista Estado Islâmico.

Os atentados suicidas não são habituais no território palestino, mas um ataque deste tipo em agosto de 2017 provocou a morte de um segurança do Hamas no sul Gaza, perto da fronteira com o Egito.

O movimento islamita Hamas controla a Faixa de Gaza desde 2007, mas é criticado por grupos salafistas radicais presentes no território palestino, que é objeto de um embargo rígido por parte de Israel há mais de 10 anos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •