Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Desde o início da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, as séries de televisão e as novelas tiveram suas gravações suspensas para evitar a disseminação em massa, considerando que, além do elenco, uma grande equipe de filmagens permanece por trás das câmeras. Além dos programas já gravados e em fase de pós-produção, seriados de todo o mundo foram interrompidos, suspensos ou tiveram lançamentos adiados indefinidamente.

Quase cinco meses após o começo do isolamento social as produtoras focam em retornar aos estúdios, com novos protocolos de segurança, para investir novamente em suas séries. Desta forma, um questionamento ronda a mente dos telespectadores: as tramas abordarão a pandemia?

Tema esperado principalmente em produções que acompanham rotinas médicas, como Grey’s Anatomy e The Good Doctor, produtores, diretores e executivos já adiantam que alteraram roteiros para incluir a pandemia do coronavírus em suas obras. Outros apostam em novas produções voltadas especificamente para o tema.

A HBO, por exemplo, anunciou que está preparando uma minissérie sobre a luta para encontrar a vacina contra a Covid-19 “A história da corrida global de vacinas contra o coronavírus: as empresas e os indivíduos colocando tudo em risco para salvar vidas, a ciência fascinante e surpreendente em que se baseia e os desafios que se colocam em torno da política, acesso e segurança”, descreve a emissora. Ainda não há previsão de lançamento para o projeto nem informações sobre o elenco.

Já Grey’s Anatomy não decepcionou os fãs e garantiu que a Covid-19 será assunto constante em sua próxima temporada. Segundo a showrunner Krista Vernoff, a 17ª temporada da trama será como uma homenagem aos funcionários reais da linha frente, que relatarão suas histórias para ajudar os roteiristas da série.

O mesmo aconteceu com a série The Morning Show, original da AppleTV+, que terá os roteiros de sua segunda temporada reescritos com intenção de abordar a pandemia. “Nós já gravamos dois episódios [do segundo ano] antes da paralisação causada pelo coronavírus, mas sei que estão reescrevendo os textos”, afirmou o Mark Duplass ao Deadline.

Já a Rede Globo vai montar um hospital de campanha fictício para usar como cenário na série médica Sob Pressão. A ideia é homenagear os profissionais da linha de frente do combate ao vírus. O roteiro, escrito por Lucas Paraizo, está pronto e abordará a situação de quem recorre ao sistema público de saúde durante a pandemia. Além disso, o seriado deverá ter uma baixa no elenco, já que um dos personagens da equipe médica deve contrair o vírus e morrer.

O Metrópoles já havia adiantado que, além das séries, algumas novelas também abordarão o tema, como é o caso de Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, ambas da Rede Globo.

Gravações

Pioneira quando o assunto é o retorno das gravações, a série policial S.W.A.T voltou as filmagens nessa terça-feira (4/8). A trama deve ser seguida por The Good Doctor, The Black List e The Goldbergs. A Sony Pictures TV, responsável pelas atrações, é a mais adiantada, por exemplo, a novela The Young and the Restless já grava há uma semana.

Enquanto isso, séries que gravam no Canadá também devem acelerar sua retomada. No caso de The Good Doctor, produzida em Vancouver, está prevista para voltar aos estúdios no meio do mês. Os executivos ainda não se pronunciaram sobre a possibilidade de abordar o coronavírus.

No caso da The CW, as séries Flash, Supergil, A Million Little Things, Charmed e Riverdale podem começar a gravar na última semana de agosto. Já Supernatural também retorna aos estúdios neste mês.

A AMC, responsável por The Walking Dead, anunciou que a série retorna aos estúdios em outubro para a 11ª temporada. The Walking Dead é gravada no estado da Geórgia, onde há aval para projetos televisivos e do cinema voltarem à ativa. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •