Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) iniciou, nesta quinta-feira (06/08), uma ação de saúde visando à realização de exames de testagem rápida de Covid-19, voltada aos profissionais do sistema prisional do Amazonas. A ação está acontecendo no Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo), na zona centro-oeste da capital.

A programação é uma parceria entre Seap, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Secretaria de Estado de Saúde (Susam), e vai até o dia 27 de agosto. O serviço acontece no sistema drive-thru e o resultado do exame é entregue via e-mail, garantindo agilidade e evitando aglomerações. 

O serviço está sendo agendado pelo aplicativo SASi, com código exclusivo para servidores e colaboradores da Seap. Após esse processo, o servidor pode ir até o sambódromo recolher o material de forma rápida e segura.  O objetivo é alcançar todos os profissionais do sistema prisional da capital e do interior do estado.

Para a coordenadora de Saúde do Sistema Penitenciário do Amazonas (CSSPAM), Alyne Botelho, a ação veio completar todo o cuidado preventivo que a secretaria vem tendo desde o início da pandemia. “A FVS e a Susam estiveram dentro das unidades e puderam verificar o trabalho preventivo que realizamos lá, e como conseguimos resguardar a saúde dos internos. Agora, completamos essa parceria com a testagem rápida nos funcionários com o objetivo de continuar evitando qualquer disseminação do vírus dentro do sistema prisional”.

Segundo uma das coordenadoras da ação, a sanitarista Josielen Amorim, do Grupo Técnico de Integração da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (GTI-FVS-AM), a testagem do sistema de segurança é preconizada pelo Ministério da Saúde. “Vamos identificar quem teve contato com o vírus e assim traçar um perfil epidemiológico de transmissão viral”, explicou.

Novo olhar – A coordenadora de saúde da Seap ainda enfatizou a novidade na ação. “Ficamos muito felizes pela iniciativa, pelo compromisso de todos e por esse novo olhar para o sistema prisional”, pontuou Botelho. Os atendimentos estão sendo realizados todos os dias, das 9h às 12h20. O profissional deve apresentar identificação funcional.

Teste rápido – O teste rápido detecta o novo coronavírus a partir de sete dias após o início dos sintomas.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •