Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado Sinésio Campos (PT) apresentou indicação ao Governo do Estado objetivando a implantação do serviço de comunicação Contact Center, via aplicativo WhatsApp, no âmbito do estado do Amazonas, para auxiliar nas informações do quadro clínico dos pacientes internados infectados pelo covid-19 aos seus familiares ou responsáveis.

O deputado relatou que os dados colocam o Amazonas na fase de “aceleração descontrolada” em decorrência da pandemia da Covid-19. Segundo definição do Ministério da Saúde, até o dia 05 de maio de 2020, o número de 8.109 casos confirmados e 459 pacientes internados, além de 649 óbitos.

O parlamentar lembrou que os pacientes internados não podem ser acompanhados por parentes, que ficam angustiados por notícias do quadro clínico sobre a recuperação ou agravamento da doença. Isso obriga as pessoas a procurarem diariamente a recepção dos hospitais na busca de informações, o que representa aglomerações, risco de mais infecções e, às vezes, até conflitos entre os parentes de internados e servidores das unidades de saúde.

“Diante dessa situação de angústia e preocupação faz-se necessária a implantação do serviço de comunicação mais inovador, para atender aos familiares dos internados infectados pela Covid-19. Não somente por contato direto ou ligação telefônica, mas também por e-mail, chat e aplicativo de mensagem. Ou seja, pelo canal de comunicação imediato para obter informações diárias sobre o boletim (prontuário) do paciente”, afirmou.

Sinésio Campos também justifica a proposta levando em consideração as inúmeras reclamações dos familiares de pacientes, de diversas partes do estado, das dificuldades para o acesso aos boletins médicos, tendo em vista o momento catastrófico, e que ainda têm que lidar com a falta de informação. O que demanda a necessidade de o Estado precisar modernizar a relação entre instituições de saúde e a população.

Relação, muitas vezes, marcadas por agressões e destempero dos usuários em função da falta de informações nos hospitais que, diante do número de atendimentos, impossibilita condições para que os servidores possam oferecer a devida atenção a cada um dos parentes de internados. “Para avançarmos nessas formas de contato e relação, estamos propondo a presente indicação, recomendada para que seja implantado um canal de comunicação (Contact Center), mais eficiente entre hospitais e familiares de pacientes internados”, finalizou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •