Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) entregou, na manhã desta quarta-feira (22), ao abrigo Moacyr Alves 1.380 quilos de alimentos, arrecadados durante a Seletiva Regional de MMA (Mixed Martial Arts – Artes Marciais Mistas) Amador realizada, no último sábado e domingo (18 e 19) na Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros Militares. O evento foi promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) e pela Comissão Atlética Brasileira.

Para o organizador do evento e representante da Comissão Atlética Brasileira na Região Norte Aroldo Duarte esse é um momento de satisfação. “É muito importante ajudarmos o abrigo Moacyr Alves a manter seus trabalhos e nós também estamos muito felizes de estarmos participando deste ato junto com a Prefeitura e agradecemos o apoio do prefeito Arthur Neto que abraçou nossa ideia”. Aroldo anunciou, ainda, que, em todos os eventos que realizará neste ano com o apoio da prefeitura, a comissão manterá esta ação social de apoio ao abrigo Moacyr Alves.

A titular da Semasdh, Goreth Garcia Ribeiro, comemorou a iniciativa de unir o esporte à responsabilidade social. “Esta mudança de sensibilidade é o que queremos propiciar para as pessoas e esta doação é exemplo de que temos obtido algum sucesso. É preciso saber que cada um pode fazer sua parte, e nesse caso, foi o MMA Amador que, de uma forma bonita e espontânea, pediu gêneros alimentícios como ingresso de um evento importante como foram as seletivas da região norte. É importante vermos quanto um atleta ou o público que gosta de artes marciais pode oferecer também para as intuições e para quem precisa mais.”

Goreth Garcia orientou, ainda, as pessoas e instituições que desejarem contribuir com o abrigo Moacyr Alves e outras instituições não-governamentais, que podem fazê-lo por meio de doações ao Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS), para a conta corrente 6939-6 agência 3563-7, Banco do Brasil. Todo recurso será revertido para instituições que se dedicam a trabalhar com crianças, adolescentes e idosos, cadastradas no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). “É claro que as doações diretas às instituições serão sempre bem-vindas, as pessoas podem doar fraldas, roupas, carne, alimentos, enfim, é com cada um fazendo sua parte que construímos uma cidade muito melhor para todos nós”, concluiu a secretária.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •