Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A direção do Colégio Militar da Polícia Militar V (CMPM V), localizado na Avenida Professo Nilton Lins, bairro de Flores, sem nenhuma explicação convincente comunicou aos pais de aluno daquela instituição de ensino que os alunos 5º ano no período matutino e vespertino seria distribuídos em duas turmas.

Até aí nada de anormal. Ocorre que, conforme o documento (ver fac-símile), a distribuição seria de acordo com o aproveitamento dos alunos, ou seja, os que lograram maior nota serão separados daqueles com menores notas.

Um absurdo que beira à estupidez segregacionista pregada justamente em uma escola que se propõe educar homens livres e independentes para o exercício da cidadania.

“Vão dividir as crianças por nota. Isso é segregação. Separar crianças por desempenho é deixar claro para as crianças de notas menores que elas são medíocres”, desabafa a mãe de um dos alunos que procurou, indignada.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •