Com entrada solidária de um quilo de alimento não perecível, o projeto Futebol e Missões realiza, neste sábado (20/10), às 15:30h, o confronto amistoso entre as Seleções Brasileira e Amazonense Evangélica Master de Futebol, e o palco será a Arena da Amazônia, situada na avenida Constantino Nery, zona centro-sul de Manaus.
A partida, que conta com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado, de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), terá grandes personalidades do esporte como Benjamim, do futebol de areia, e Zé Carlos, integrante da Seleção Brasileira de Futebol na Copa de 1998. 
A ação conta ainda com um jogo preliminar entre os intermediários da seleção amazonense master e a equipe master de advogados do Amazonas, a partir das 14h30. Com mais de 50 igrejas envolvidas no evento, a expectativa é a de que aproximadamente 15 mil pessoas venham prestigiar o evento que, mais que um jogo de futebol, tem o objetivo de arrecadar alimentos para a ação do “Natal Sem Fome”. 
Solidariedade – De acordo com um dos coordenadores do evento e presidente da Seleção Amazonense Evangélica Master, Genival, quem tiver interesse e puder prestigiar os craques das seleções pode se dirigir à Arena e levar apenas um alimento não perecível.
“Nós sabemos o quanto o povo brasileiro gosta de futebol, então nada melhor do que juntar os craques da modalidade e fazer o bem. Precisamos do apoio e da participação da população para que possamos arrecadar o maior número possível de alimentos, então colabore conosco e venha conferir o show de bola das nossas seleções”, destacou.
Condecoração – Tricampeã da Copa Evangélica Nacional de Futebol Master, a seleção amazonense será condecorada pela Seleção Brasileira Master no evento. A coordenação lembra ainda que todos os jogadores receberão medalhas e troféus pela participação nos jogos. Para Passarinho, o Futebol e Missões idealizou essa ação para beneficiar famílias carentes que são atendidas pelo projeto.
“Nós idealizamos essa competição pensando primeiramente nas famílias que poderiam se beneficiar com esses alimentos, porque nós temos um trabalho social nos presídios, nas comunidades de todas as zonas de Manaus, onde nossos familiares visitam, fazem cultos, evangelizam. Com as visitas a esses lugares, percebemos a necessidade das pessoas e com esse evento vamos arrecadar o alimentos e poder ajudá-las”, finalizou.